Estar livre dos pelos é um sonho para muitas pessoas. No Brasil, em especial, onde a moda é o corpo com pouquíssimos pelos, as depilações fazem sucesso e novos métodos surgem a cada dia. Os tipos de depilação variam conforme a necessidade, objetivo e valores, sendo uma prática bem democrática. Mas se você procura por algo que dure mais tempo, sem pelos encravados e menos invasivo, conheça dois métodos que podem ser a solução.

De acordo com as fisioterapeutas Brenda Danmvolf e Elaine Demartini Dranca, o termo definitivo subentende-se que serão eliminados todos os pelos e que nunca mais voltarão a crescer, pelo menos é o pensamento da grande maioria, mas não é bem por aí. “Não existe nenhum método que elimine todos os pelos dessa forma, pois a depilação definitiva não tem nenhuma relação com o bloqueio hormonal, eles continuaram nascendo em quantidade muito pequena e lenta”, afirma Brenda.

Apesar disso, o laser e a fotodepilação ainda consistem no melhor método para quem quer ficar livre dos pelos por mais tempo e muitos outros benefícios são encontrados em ambas as técnicas. Se você quer realizar os procedimentos e muitas dúvidas continuam na sua cabeça, confira as características, assim como pontos positivos e negativos de cada método, de acordo com as fisioterapeutas:

Laser

O que é?

O laser apresenta um único comprimento de onda, um feixe de luz colimado (concentrado em uma única direção), atingindo a melanina encontrada na raiz do pelo. Quando se da o disparo do laser, o feixe de luz irá procurar a raiz do pelo, aquecê-la e destruí-la. São aparelhos mais específicos e destinados a um único fim, eliminar o pelo! Portanto os resultados são mais rápidos, mais duradouros e mais seguros. Com o tratamento de laser de diodo a partir da primeira sessão pode-se notar a diferença.

 

Para que é indicado?

Podem ser realizadas nas regiões de rosto/barba, pescoço, aréolas, axilas, abdômen, braços, mãos, costas, glúteos, linha alba, cóccix, nuca, ombros, orelhas, região pubiana, pernas, pés, tórax, umbigo.  No geral, todas as áreas, exceto o couro cabeludo e a sobrancelha.

 

Pontos positivos:

Intervalos entre uma sessão e outra é mais espaçados (40 a 60 dias), resultado mais eficaz, requer menos número de sessões (06 a 08), pode ser feito em pele morena. Consegue eliminar grande parte dos pelos, em média 90%. Vale ressaltar que fatores como os hormônios, alteração no ovário, cor e espessura dos fios interferem no resultado final e na frequência dos retoques/manutenções.

 

Pontos negativos:

A dor é média, investimento um pouco mais caro, duração da sessão mais demorada, não atinge pelos claros, loiros e ruivos.

 

Fotodepilação

O que é?

A fotodepilação apresenta um feixe de luz não colimado, ou seja, ele não é preciso. Se dispersa sobre as várias camadas da pele. Quando se dá o disparo da luz, os vários comprimentos de onda aquecem a raiz do pelo e a destrói, entretanto parte dessa luz é dissipada para a pele. Isso significa que são equipamentos que possuem outras tarefas e não são específicos. Podem atingir a raiz do pelo como também outras camadas da pele. Assim, o resultado do tratamento fica um pouco comprometido, necessitando de mais sessões de tratamento. E através de relatos dos próprios clientes, conhecimento e experiência notamos que os pelos voltam mais rapidamente.

 

Para que é indicado?

A luz intensa pulsada, que é o aparelho da fotodepilação, pode ser utilizada nas regiões de rosto/barba, pescoço, aréolas, axilas, abdômen, braços, mãos, costas, glúteos, linha alba, cóccix, nuca, ombros, orelhas, região pubiana, pernas, pés, tórax, umbigo, além do tratamento de manchas, telangiectasias, couperose, poiquilodermia, olheiras e fotorejuvenescimento.

 

Pontos positivos:

A dor é mínima, baixo custo, duração da sessão é mais rápida.

 

Pontos negativos:

Intervalos curtos de 15 a 30 dias, resultado menos eficaz, requer um número de sessões maior (08 a 10), não atinge pelos claros, loiros e ruivos, é contraindicado para peles negras ou bronzeadas. Existe o risco de afinar os pelos sem eliminar.

Edição Digital Grátis!
Assine nossa newsletter
Baixe a edição digital da revista gratuitamente e receba as próximas edições, promoções e conteúdos exclusivos em seu e-mail.
CADASTRAR
Não enviamos spam e você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor deixe seu comentário!
Por favor informe seu nome