O método conta com modalidades diversificadas e deixa seu corpo bonito e saudável

O alemão Joseph Pilates, criador do método que leva seu nome, sofria de asma quando criança e tinha o corpo debilitado. Mas a impossibilidade de fazer exercícios não o impediu de encontrar formas de superar suas limitações. Durante sua vida, Joseph experimentou ginástica, mergulho, esqui e boxe. Trabalhou como enfermeiro na Primeira Guerra Mundial, e inovou no tratamento dos soldados feridos, ao usar as molas dos próprios colchões para auxiliar nos exercícios que ele mesmo criou. Essa experiência foi a base que ele utilizou para desenvolver o que seriam os aparelhos usados hoje nas aulas de pilates.

De acordo com as fisioterapeutas Alana Tâmisa Leonel, Patrícia Caroline Tada e Jaqueline de Campos Machado, o pilates tem por objetivo principal ajudar na melhora da qualidade de vida e saúde geral do indivíduo. A prática é também definida por Joseph Pilates como “a ciência e a arte de coordenar o desenvolvimento do corpo, mente e espírito através de movimentos naturais, sob o rígido controle da vontade”.

 

Sem monotonia

Hoje existem várias modalidades de pilates, como pilates com bola, em solo, com aparelhos… Mas a sensação do momento é o pilates aéreo e as atividades circenses dentro das aulas de pilates.

Segundo as fisioterapeutas, as atividades circenses são introduzidas às aulas de pilates por meio de acrobacias em solo e aéreas utilizando alguns acessórios como tecido, lira, trapézio e slackline. “Essas atividades não se restringem somente às atividades individuais, elas englobam também atividades coletivas, cooperativas e que busquem a socialização dos participantes, ajudando assim na melhora do contexto afetivo, social, motor e cognitivo do individuo”, acentuam.

Outros benefícios da modalidade, conforme as fisioterapeutas, são a melhora da postura e do tônus muscular, o melhor funcionamento do aparelho cardiorrespiratório, o ganho de flexibilidade, equilíbrio, força e resistência, além da coordenação motora.

De acordo com as fisioterapeutas, no pilates aéreo os exercícios são realizados em tecidos suspensos chamados de columpio e gravity, em que se usa o peso do próprio corpo como resistência nos exercícios, exigindo constantemente equilíbrio e consciência corporal. “O pilates aéreo é uma modalidade desafiadora, dinâmica e prazerosa que segue os mesmos princípios do pilates convencional”, completam.

As fisioterapeutas acentuam também que não existe contra indicação em relação a idade dos praticantes dessas modalidades, todos podem praticar, desde crianças a idosos, mas é preciso respeitar o limite de cada um.  “As atividades de pilates apenas requerem maior atenção no caso de grávidas, cardiopatas, hipertensos e diabéticos, que devem requisitar liberação médica antes de começar a frequentar as aulas”, afirmam.

Além de lúdico e desafiador, o pilates trabalha com todo o seu corpo de uma só vez, proporcionando bem estar físico e mental. O método pode ser uma boa opção para quem deseja sair da monotonia dos exercícios de academia.

 

 

BOX

Confira os benefícios do pilates e suas variações para sua saúde e qualidade de vida:

  • Melhora da capacidade respiratória;
  • Aumento da resistência e força muscular;
  • Melhora da flexibilidade e mobilidade articular;
  • Melhora da postura;
  • Ganho de consciência corporal;
  • Definição da musculatura sem aumento de volume;
  • Previne lesões osteo-articulares;
  • Ajuda no processo de reabilitação;
  • Aquisição de controle corporal;
  • Melhora da autoestima;
  • Reduz a fadiga muscular, desconforto e dor;
  • Melhora a coordenação motora e equilíbrio;
  • Alívio de dores na coluna.

 

Por Camila Neumann

Edição Digital Grátis!
Assine nossa newsletter
Baixe a edição digital da revista gratuitamente e receba as próximas edições, promoções e conteúdos exclusivos em seu e-mail.
CADASTRAR
Não enviamos spam e você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor deixe seu comentário!
Por favor informe seu nome