Diminuir alguns quilinhos com as dietas da sopa, dieta vegetariana, ou com a ajuda de medicamentos parece fácil e rápido. Mas, o difícil é manter estes quilos longe do seu corpo quando voltar à alimentação normal ou parar de tomar medicamentos. Para emagrecer sem descuidar da saúde a dieta mais indicada é a da “Nutrição Funcional”, baseada em uma dieta de desintoxicação, afirma a nutricionista, Priscilla Franceschini.

A dieta da nutrição funcional não usa o cálculo das calorias diárias que podem ser consumidas, como a maioria das dietas, mas se preocupa com o equilíbrio alimentar que muitas vezes é esquecido na correria do dia-a-dia. “Nesta dieta o paciente continua comendo carboidratos, proteínas, gorduras, mas dando preferência aos alimentos de maior qualidade nutricional, como alimentos integrais, proteínas de alto valor biológico e gorduras insaturadas”, diz a especialista em nutrição funcional, Priscilla.
Dietas que propõem milagres como perder 4 kg em uma semana não age com a mesma eficiência com o passar do tempo, como explica Priscilla. “A pessoa vai emagrecer de modo acelerado porque está ingerindo menos calorias que o necessário para as atividades básicas do organismo, com isto vai diminuir o metabolismo e o organismo vai entender que é necessário armazenar mais energia, e quando voltar a se alimentar normalmente fica complicado fazer o metabolismo acelerar com a mesma intensidade de antes, o que facilita a recuperação dos 4 kg ou até mais”, argumenta.
A vantagem da nutrição funcional, além de ajudar a perder peso, é prevenir e tratar doenças. Conforme estudos do Centro Brasileiro de Nutrição Funcional, a nutrição funcional trabalha com a individualidade. È uma dieta personalizada que trabalha com as necessidades, excessos e metabolismo de cada um e o resultado é uma vida aliada ao bem-estar e mais longa. Priscilla também considera a individualidade de paciente para paciente, mas, de maneira geral, os alimentos saudáveis e que fazem bem ao organismo são os ricos em antioxidantes e fitoquímicos, presentes nas verduras, frutas, legumes, hortaliças, cereais integrais, oleaginosas e sucos verdes. Esses alimentos são indicados o consumo a cada três horas.

Dicas super interessantes, dadas pela nutricionista Priscilla Franceschini, revelam proposta de novos hábitos na alimentação e surpresas para muitos.

* Ovo não altera colesterol!
Dois ovos pela manhã – mechidos, cozidos – podem ajudar a emagrecer. Pesquisa mostra que este age diminuindo a fome no final do dia.

* Frutas como abacate e banana não engordam se forem ingeridas a noite!
A melhor hora de comer abacate é à noite, antes de dormir. A recomendação é de duas colheres de sopa da fruta. O abacate ajuda a combater o câncer, estresse e diminuir o cortisol, relacionado ao surgimento de doenças, como pressão alta e diabetes tipo 2. Já a banana é uma ótima fonte de prebióticos, o que ajuda na função intestinal. Recomendado ingerir uma fruta média à noite.

Edição Digital Grátis!
Assine nossa newsletter
Baixe a edição digital da revista gratuitamente e receba as próximas edições, promoções e conteúdos exclusivos em seu e-mail.
CADASTRAR
Não enviamos spam e você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor deixe seu comentário!
Por favor informe seu nome