As consequências da pandemia do novo coronavírus estão causando pressão psicológica e estresse em grande parte da população afetada

Autoridades de saúde, a Organização das Nações Unidas (ONU) e a Organização Mundial da Saúde (OMS) estão cooperando para conter a disseminação da doença. Mas como ocorre em tempos de crise, a ameaça de contaminação está causando estresse na população. Por isso, a OMS estabeleceu alguns cuidados que precisam ser tomados. São eles:

– O novo coronavírus deve afetar pessoas em muitos países e regiões. Não existe nenhuma relação da doença com uma etnia ou nacionalidade. Demonstre empatia com todos os afetados em qualquer país. As pessoas infectadas não fizeram nada de errado e merecem nosso apoio, compaixão e gentileza;

– Não se refira às pessoas com a doença como “casos de covid-19” ou “vítimas”, “famílias de covid-19” ou “adoentados”. Eles são “pessoas com covid-19 ou que estão em tratamento, ou se recuperando” e depois de recuperados continuarão sua vida normal em família, no trabalho e com seus entes queridos. É importante separar a pessoa e a sua identidade do vírus em si para reduzir o estigma;

– Reduza a leitura ou o contato com notícias que podem causar ansiedade ou estresse. Busque informações apenas de fontes confiáveis e dê passos práticos para preparar seus planos, proteger você e sua família. Procure informações e atualizações uma ou duas vezes ao dia evitando o “bombardeio desnecessário”. A enxurrada de notícias sobre o surto pode levar qualquer pessoa à preocupação. Informe-se com os fatos e não os boatos ou as informações erradas;

– Proteja a si próprio e apoie os outros ajudando-os em seus momentos de necessidade. A assistência a outros em seu momento de carência pode ajudar a quem recebe o apoio como a quem dá o auxílio. Atuando em conjunto com a comunidade é possível criar solidariedade e enfrentar o covid-19 em união;

– Crie oportunidades para ampliar histórias úteis e imagens positivas de pessoas na sua área que tiveram o covid-19. Por exemplo, experiências de pessoas que se recuperaram da doença ou que apoiaram um ente querido e estão dispostas a contar como foi;

– Para os trabalhadores desse setor que sentem a pressão de lidar com a situação, este é um quadro típico para você e muitos de seus colegas. É normal se sentir assim por causa do entorno da pandemia. O estresse e as sensações associadas com esse quadro não significam que você não seja capaz de fazer o seu trabalho ou que seja uma pessoa fraca. O gerenciamento da sua saúde mental e o seu bem-estar psicossocial durante este momento é crucial para que você possa manter sua saúde física também;

– Cuide de você. Tente utilizar métodos para lidar com a situação como fazer pausas e descansar entre os seus turnos de trabalho e até mesmo tirar um momento dentro do expediente. Tenha atenção ainda aos seus alimentos para manter uma dieta saudável, fazer exercícios físicos e ficar em contato com a família e com os amigos;

– Na comunicação com outros, seja simples. Muitas pessoas podem ter dificuldades para entender as mensagens por causa de deficiências cognitivas, visuais e físicas. As formas de comunicação que não sejam só escritas precisam ser utilizadas. Se você é líder da sua equipe, ou chefe do hospital e está em contato com o público e com os pacientes, pense nisso.

Edição Digital Grátis!
Assine nossa newsletter
Baixe a edição digital da revista gratuitamente e receba as próximas edições, promoções e conteúdos exclusivos em seu e-mail.
CADASTRAR
Não enviamos spam e você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor deixe seu comentário!
Por favor informe seu nome