Sedação consciente elimina progressivamente a ansiedade e o medo durante o procedimento odontológico

Cerca de 20% da população brasileira deixa de procurar tratamento odontológico devido ao medo de ir ao dentista, segundo estatísticas. Isso não é nenhuma novidade, principalmente para os profissionais da área. A boa notícia, para aqueles que sofrem por ansiedade, receio, quando está no dia de consultar com o seu cirurgião-dentista, é que existe uma técnica que pode ser usada para aliviar esses sintomas – a sedação consciente com oxido nitroso.

A sedação consciente proporciona ao paciente conforto e tranquilidade, eliminando progressivamente a ansiedade e aumentando a autoconfiança. “A técnica utiliza uma mistura de gases (óxido nitroso e oxigênio) em determinada concentração que faz com que o paciente entre em um estado de sedação, no qual ele fica relaxado, mas consciente, respirando por seus próprios meios e respondendo aos estímulos físicos e verbais”, explica a cirurgiã-dentista Acácia Kaminski M. de Oliveira.

Ela é feita por via inalatória, através do uso de uma máscara nasal, acoplada a um equipamento que realiza a mistura dos gases. De acordo com a cirurgiã-dentista, esse equipamento somente permite uma concentração de gases no qual ocorre a sedação consciente. É bom esclarecer que a sedação consciente é diferente da anestesia geral, a qual o paciente fica em estado controlado de inconsciência e respira, na maioria das vezes, com auxilio de aparelho. “Formas de sedação em que o paciente fica inconsciente somente devem ser realizadas a nível hospitalar”.

O oxido nitroso, para a sedação consciente, já vem sendo usado em pacientes há mais de 160 anos. Nos Estados Unidos e na Europa é uma técnica muito difundida e usada por grande parte dos dentistas durante o atendimento. Já no Brasil, a utilização da técnica nos consultórios odontológicos ainda é recente e carece de informações, principalmente a nível de faculdades.

A técnica adotada por alguns dentistas é um diferencial para os pacientes que sofrem por medo, seja do ambiente, da anestesia, ou em casos mais extremos, de fobia de dentista. Segundo a cirurgiã-dentista e odontopediatra, pacientes pediátricos que necessitam intervenções mais complexas são muito beneficiados com a utilização da sedação. “A terapêutica com óxido nitroso auxilia o paciente a controlar seu medo ou sua ansiedade, por meio da sedação, levando a uma sensação de bem estar após a consulta”, observa.

O óxido nitroso é conhecido mundialmente pela sua segurança e por não causar reações alérgicas. Mas, somente profissionais habilitados através de cursos de capacitação, reconhecidos pelo Conselho Federal de Odontologia, podem utilizá-lo.

 

Quem não pode se beneficiar da técnica

Antes de realizar qualquer procedimento, conforme a cirurgiã-dentista, são feitas perguntas ao paciente sobre seu estado de saúde, se necessário é solicitado também uma avaliação médica. “Para a sedação consciente com oxido nitroso, dentre algumas contra indicações podemos citar a obstrução das vias aéreas superiores (adenóides volumosas, rinites, gripes, infecções respiratórias), apnéia obstrutiva do sono, pessoas com problemas comportamentais severos, crianças menores de 2 anos, doenças pulmonares crônicas, gestantes no primeiro trimestre”.

Por Kerlin S. Zimmer

Edição Digital Grátis!
Assine nossa newsletter
Baixe a edição digital da revista gratuitamente e receba as próximas edições, promoções e conteúdos exclusivos em seu e-mail.
CADASTRAR
Não enviamos spam e você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor deixe seu comentário!
Por favor informe seu nome