Quem nunca sentiu dor de garganta? Basta mudar a temperatura ou estar com a imunidade deprimida que queixas de dor, como sensação de garganta arranhada ou ardência, dificuldade de engolir ou falar, são frequentes. Mas, será que a mudança de ambiente (quente/frio) é responsável por ocasionar dor de garganta? Gargarejo com água morna, sal e vinagre combate os microorganismos? Confira essas respostas e muitas outras concedidas pela otorrinolaringologista, Dra. Rita de Cássia Penha Arruda.

 

O que é dor de garganta?

Rita – Dor no trato respiratório alto que inclui desde o nasofaringe até orofaringe. Pode se apresentar como dor espontânea até dor para engolir.

 

Qual a causa da dor de garganta?

Rita – Existem inúmeras causas de dor de garganta, podemos citá-las: doenças inflamatórias, infecciosas, alérgicas, refluxo gastro-esofágico, corpos estranhos e qualquer processo que leve a respiração bucal.

 

Há prevenção para a dor de garganta?

Rita – Verdade. Dependendo da causa. Nas doenças infecciosas e alérgicas existem medicamentos e medidas profiláticas.

 

Tomar sorvete ou bebidas geladas ocasiona dor?

Rita – Verdade. Na boca e na garganta existem microorganismos que não produzem doenças. Se alterarmos rapidamente o meio variando as temperaturas dos líquidos de quentes a gelados, estas bactérias se reproduzirão levando a formação de uma infecção local.

 

A dor de garganta pode evoluir para conjuntivite?

Rita – Mito. Só se você se auto-contaminar, ou seja, se estiver com amigdalite ou outra infecção da boca ou garganta e colocar a mão na boca e depois nos olhos, assim poderá produzir uma conjuntivite.

 

Beber água ajuda a prevenir e tratar o desconforto?

Rita – Verdade. A água hidrata, porque durante qualquer processo infeccioso da garganta haverá ressecamento das vias aéreas superiores.

 

Gargarejo com água morna, sal e vinagre combate os microorganismos?

Rita – O ato mecânico de gargarejar ajuda a remover microorganismos e resíduos, mas não há necessidade de agregar o sal e o vinagre, pois são partículas grandes que podem irritar a mucosa oral. Melhor é optar por um medicamento que contenha anestésicos, pois estes auxiliarão no alivio da dor.
Propolis para dor de Garganta

Própolis ajuda a aliviar a irritação da garganta?

Rita – Existe muita controvérsia, principalmente nos indivíduos alérgicos e mais especificamente ao pólen. O uso do própolis poderá desencadear um processo alérgico incluindo dor ou irritação da garganta.

 

Sair de um ambiente quente para outro frio sem se agasalhar gera dor?

Rita – Mito. Somente naqueles indivíduos com problemas imunológicos, isto é, com poucas defesas. Nesta situação, se ficar exposto ao frio aumentará a possibilidade de adquirir gripes, resfriados e inflamações na garganta. A partir disso, virá sentir dores na garganta.

 

Dor de garganta não é contagiosa?

Rita – Mito. Amigdalites bacterianas e algumas doenças virais são contagiosas. Contudo, se você estiver imunologicamente sadio, não necessariamente desenvolverá alguma doença.

 

Como tratar a dor de garganta?

Rita – O tratamento será direcionado para a causa. Quando se trata de doenças virais ou inflamatórias o uso indicado é de apenas antiinflamatórios, já nas doenças infecciosas, onde há presença de bactérias, o uso de antibióticos se fará necessário.

Nas infecções crônicas, onde há uso de antibióticos com muita frequência, mais de 3 a 4 vezes ao ano, ou quando as tonsilas ou amígdalas palatinas se encontram aumentadas de volume ocasionando obstrução das vias aéreas superiores, o tratamento será cirúrgico.

 

Edição Digital Grátis!
Assine nossa newsletter
Baixe a edição digital da revista gratuitamente e receba as próximas edições, promoções e conteúdos exclusivos em seu e-mail.
CADASTRAR
Não enviamos spam e você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor deixe seu comentário!
Por favor informe seu nome