Prática esportiva criada no século XIX vem sendo muito utilizada em modalidades contemporâneas

 

A palavra calistenia vem do grego ‘’Kallos’’ (belo), ‘’Sthenos’’ (força) e o sufixo “ia”. É um tipo de exercício físico bastante antigo, que foi criado em meados do século XIX na França, pelo suíço Phoktion Heinrich Clias, e consiste em usar o peso corporal para a prática de exercícios. Foi um dos primeiros métodos de se treinar o próprio corpo. Atualmente, com o sucesso de algumas modalidades como crossfit e exercícios funcionais, esse tipo de prática foi incrementada na rotina de treino desses segmentos, ajudando seus praticantes alcançarem resultados significativos.

O principal objetivo dessa prática, segundo o personal trainer Marcos Paulo Amaral da Silva (031745-G/PR), é utilizar a força do próprio corpo com objetos de treino, peso livres e barras, sendo um facilitador para qualquer pessoa que queira começar a praticar essa modalidade de exercício. ‘’A calistenia não tem como principal benefício só a tonificação muscular e o emagrecimento, mas também a ligação com as capacidades de resistência muscular, força muscular, e mobilidade articular. Esse método trabalha o corpo inteiro e geralmente é utilizado muito em treinamentos funcionais. Outra vantagem da calistenia é que ela não se limita a exercícios isolados, como acontece na maioria dos treinos de academia, já que colocamos o corpo inteiro em sintonia’’.

‘’A calistenia é realmente eficaz para quem quer perder peso. Tanto para o emagrecimento como para quem quer praticá-la todos os dias com outros métodos de treino. Ela é um método rápido e garante o emagrecimento com um baixo custo, podendo ser praticado em qualquer lugar e sempre acompanhado de um profissional de Educação Física’’, completa o personal. Contudo, esse tipo de exercício possui algumas restrições, como por exemplo, para quem tem hipertensão ou pressão arterial elevada, pois é uma atividade que usa muito a isometria.

Algumas recomendações de Marcos para quem quer começar a praticar calistenia:

“A minha principal recomendação é: quem for iniciar procure um profissional da área de Educação Física e que entenda do assunto. Tem que ter cuidado com a alimentação, pois é um método de alta intensidade e que utiliza muita energia do corpo inteiro. Além disso, não se esqueça de sempre se aquecer bem antes de começar o treino. Uma das últimas dicas, mas não menos importante, esteja sempre determinado com seus objetivos que o resultado vem, e ele vem rápido!’’.

Edição Digital Grátis!
Assine nossa newsletter
Baixe a edição digital da revista gratuitamente e receba as próximas edições, promoções e conteúdos exclusivos em seu e-mail.
CADASTRAR
Não enviamos spam e você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor deixe seu comentário!
Por favor informe seu nome