Close-up of a mosquito on human skin

Combater o Aedes Aegypti além de prevenir e controlar a Dengue, evita a Chikungunya e Zika

A dengue é uma doença febril aguda. A pessoa pode adoecer quando o vírus da dengue penetra no organismo, pela picada de um mosquito infectado, o Aedes Aegypti. A dengue é um dos principais problemas de saúde publica no mundo. A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que entre 50 a 100 milhões de pessoas no planeta se infectem por ano com a dengue, em mais de 100 países, de todos os continentes, exceto a Europa. 

Em média 550 mil pessoas necessitam de hospitalização e 20 mil morrem em consequência da dengue. Embora pareça pouco agressiva a doença pode evoluir para a dengue hemorrágica e a síndrome do choque da dengue, caracterizadas por sangramento e queda de pressão arterial, o que eleva o risco de morte. 

Por isso, preparamos algumas dicas para evitar que o mosquito se prolifere. Se todas as pessoas fizerem a sua parte, tornaremos esse mundo um mundo melhor! Confira: 

Evite o acúmulo de água

O mosquito da dengue coloca seus ovos em água limpa, porém, isso não quer dizer que precisa ser água potável. Portanto, é importante jogar fora pneus velhos, virar com a boca para baixo garrafas e, caso o quintal seja propenso à formação de poças, realizar a drenagem do terreno. Também é necessário lavar a vasilha de água do animal de estimação regularmente e manter fechadas tampas de caixas d’agua e cisternas. 

Aplique telas nas janelas

Colocar telas em portas e janelas, pois isso ajuda a proteger sua família contra o mosquito da dengue. O problema ocorre quando o criadouro está localizado dentro da residência. Nesse caso, a estratégia não será bem sucedida. Portanto, não se esqueça de que a eliminação dos focos da doença é a maneira mais eficaz de proteção. 

Areia nos vasos 

Colocar areia nos vasos de plantas pode gerar acúmulo de água. Há três alternativas: eliminar esse prato, lavá-lo regularmente ou colocar a areia. A areia conserva a umidade e ao mesmo tempo evita que o prato se torne um criadouro. 

Descarte o lixo de forma consciente 

Não jogue o seu lixo em qualquer lugar. Separe-os corretamente e deixe as latas de lixo sempre bem tampadas. 

Coloque desinfetante nos ralos

Ralos pequenos de cozinhas e banheiros raramente tornam-se foco de dengue devido ao constante uso de produtos químicos. Porém, alguns ralos são rasos e conservam água estagnada em seu interior. Nesse caso, o ideal é que ele seja fechado com uma tela ou que ele seja higienizado com desinfetante regularmente. 

Limpe piscinas e aquários

Podem se tornar um foco de dengue. Por isso, tenha atenção em dobro com a limpeza em épocas de surtos. Já no caso dos aquários, peixes são grandes predadores de formas aquáticas de mosquitos. 

Limpe as calhas

Grandes reservatórios, como as caixas d’água, são os criadouros mais produtivos de dengue, mas as larvas do mosquito podem ser encontradas em pequenas quantidades de água também. Por isso, cheque todos os meses, pois um leve entupimento pode criar reservatórios para o desenvolvimento da larva.

Edição Digital Grátis!
Assine nossa newsletter
Baixe a edição digital da revista gratuitamente e receba as próximas edições, promoções e conteúdos exclusivos em seu e-mail.
CADASTRAR
Não enviamos spam e você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor deixe seu comentário!
Por favor informe seu nome