Castanha

Conheça os benefícios de uma semente valiosa para a saúde e bem-estar.

Ela atua no equilíbrio da tireóide evitando oscilações de peso, fortalece o sistema imunológico, protege contra a ação dos radicais livres, age para o bom funcionamento do cérebro juntamente com o ácido fólico e é uma boa aliada no combate à hipertensão arterial. O sementinha poderosa essa. Você já sabe de qual semente estamos falando? Não. Uma dica: ela faz parte do grupo das oleaginosas. Descobriu? Ainda não. Então, vamos revelar o nome dessa semente de peso para a saúde – Castanha.

“As castanhas, como parte do grupo das oleaginosas, são ricas em gorduras, mas, gorduras benéficas ao organismo, como o ômega 3. Além de gorduras, são boas fontes de vitaminas do complexo B, Vitamina E, antioxidantes, potássio, fibras, selênio, ácido fólico e zinco”, revela a nutricionista, Taiana P. Verona. Com todos esses nutrientes encontrados na castanha, ela só poderia ser um alimento que vale a pena ser incluído na dieta alimentar. Além dos benefícios citados acima, conforme a nutricionista, a castanha ainda atua no equilíbrio intestinal, por conter fibras, e evita o envelhecimento precoce, já que a vitamina E é uma excelente antioxidante.

Outro ponto positivo da castanha é que ela ajuda a prevenir doenças cardiovasculares. “Essas oleaginosas atuam na redução do ‘mau’ colesterol (LDL) e elevam os níveis do ‘bom’ colesterol, auxiliando na prevenção de diversas doenças, especialmente as doenças do coração, evitando a formação de placas de gordura no sangue, prevenindo problemas vasculares, trombose e aterosclerose”, afirma Taiana.

Ainda é possível perder peso incluindo a castanha na alimentação. “Por elas prevenirem a formação de placas de gordura, a circulação sanguínea melhora consideravelmente, evitando a formação de edemas (inchaços), auxiliando no metabolismo e, consequentemente, acelerando a redução do peso. Mas, vale lembrar que apesar dos benefícios, estes compostos devem ser consumidos com moderação, pois se consumidos sem limites, podem aumentar o peso devido ao seu elevado teor calórico”, ressalta a nutricionista.

Pode-se consumir ao dia, segundo a profissional, em média 5 unidades da oleaginosa, podendo ser ingerido, por exemplo, 2 unidades de castanhas de caju, 2 unidades de castanha do Pará e 1 noz , ou utilizar de acordo com a preferência e/ ou disponibilidade. “A quantidade indicada varia de acordo com vários fatores como idade, atividade física, patologias e objetivos a serem alcançados. Portanto, é necessário um acompanhamento nutricional para ter certeza de estar consumindo as quantidades adequadas”, observa Taiana.

As castanhas raramente apresentam contra-indicações, apenas em alguns casos específicos. Porém, a indicação principal da nutricionista é que deve ser um alimento sempre presente no carrinho do supermercado.

 

Como a semente pode ser consumida?

“Ela pode ser utilizada de várias formas e em diversas receitas, pois sempre dão aquele ‘toque especial’ às preparações. Misturá-las no iogurte ou cereal, adicioná-las raladas ou trituradas em saladas, farofas, sopas, risotos, ou simplesmente utilizá-las como aperitivo, porém, respeitando a quantidade indicada por um nutricionista”, responde Taiana.

 

Edição Digital Grátis!
Assine nossa newsletter
Baixe a edição digital da revista gratuitamente e receba as próximas edições, promoções e conteúdos exclusivos em seu e-mail.
CADASTRAR
Não enviamos spam e você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor deixe seu comentário!
Por favor informe seu nome