Nesta data especial, uma das formas de demonstrar carinho é oferecer alimentos saudáveis e cheios de benefícios

O Dia das Mães é uma das datas mais importantes do ano! E pensando em ajudar as mães em sua tarefa de alimentar as crianças com sabor e saúde, convidamos a nutricionista clínica funcional Manuela Gutfreund para dar dicas importantes e saudáveis para atrair o paladar dos pequenos.

É importante desenvolver o hábito de ter alimentos saudáveis em casa. Muitas vezes, quando fazemos compras, acabamos pegando itens industrializados que contêm muitos conservantes e aditivos químicos. Salgadinhos, sorvetes e bolachas recheadas são práticos e atrativos para as crianças, mas ainda não inventaram nada tão bom quanto à comida de verdade, que são os legumes, frutas, carnes, verduras e castanhas, entre outros.

Ter alimentos não industrializados nas refeições é importante, bem como dar o exemplo. Segundo Manuela, dificilmente a criança, por iniciativa própria, vai escolher legumes e verduras. “É necessário ensinar o hábito. Mesmo que comer um pouquinho todo dia seja chato para as crianças, elas irão se habituar. Estabeleça uma meta diária: dois pedacinhos de cenoura e uma folhinha de alface. Comece com pouco. Depois vai alterando e aumentando”.

Isso quer dizer que a criança nunca mais vai comer um bolinho? Não precisa ser tão radical. Mas, por exemplo, porque não ter um bolinho integral no café da manhã? Lembrando que os pais também têm que comer bem, pois eles darão o exemplo, facilitando o aprendizado da criança.

Manuela Gutfreund – Nutricionista Clínica Funcional CRN 8.8776

Outro bom hábito é a inclusão de frutas nas refeições das crianças. “Não precisa ser apenas a fruta em si: morangos podem ser batidos com iogurte natural. As frutas também podem ser colocadas nas receitas de cookies ou cortadas e montadas em forma de espetinho. As próprias crianças podem ajudar no preparo dessas receitinhas. Isso desperta ainda mais seu interesse”, explica a nutricionista.

“Outra dica que costumamos dar é que a mãe leve as crianças para fazer compras, e que lhes mostre as frutas, verduras e legumes, falando seus nomes, ensinando algo sobre elas”, explica Manuela. Ou seja, buscar aguçar a curiosidade das crianças pelos sabores e os benefícios que trazem.

Existem receitas saudáveis das coisas que a gente já gosta de comer. Por exemplo, um bolinho de caneca pode ser feito com uma banana amassada, uma colher de farinha de trigo integral, um pouco de cacau, um ovo e canela. Mistura tudo e assa rapidinho no microondas. “Então, o que recomendamos é que essas receitinhas sejam buscadas pelos pais e apresentadas aos filhos”, reforça a nutricionista.

Vegetais também devem ser incluídos na dieta das crianças – se necessário, de forma sutil, sem forçar demais. As verduras têm muitas vitaminas, minerais e antioxidantes. Por isso, é importante torná-las atrativas para os pequenos. Se a criança não come, pode ser em forma de um suquinho verde, feito, por exemplo, com uma folha de couve, limão e uma fruta mais adocicada.

O que é importante, é que essas dicas e receitas saudáveis se tornem parte do dia a dia. Quando você se habitua, acaba sentindo falta quando não tem.

Se você está em dúvida sobre a melhor forma de se alimentar, consulte um nutricionista. E aposte no prato colorido: quanto mais cores tiver no seu prato, melhor, por exemplo, arroz, feijão, proteína (carne, peixe ou ovo), verduras e legumes. Cada cor, ou cada alimento, tem o seu benefício, e todos se complementam.

“O meu trabalho como nutricionista é ajudar as pessoas a escolher a melhor forma de se alimentar. E o resultado tem sido gratificante: o aumento da saúde e qualidade de vida dos meus pacientes”, afirma Manuela.

A nutricionista clínica funcional Manuela atende em clínica e presta consultoria ao colégio Imperatriz Dona Leopoldina, fazendo palestras para os alunos e dando dicas de lanches saudáveis, além de orientar as cantinas sobre quais são as melhores opções de refeições para os alunos. Ficou com alguma dúvida, ou quer algum esclarecimento a mais? Entre em contato com a nutricionista pelo e-mail: manuelagutfreund@hotmail.com

 


RECEITAS

Cookies de aveia, mel e chocolate 70%

 

 

 

Ingredientes:

  • 3 xícaras (chá) de farinha de trigo integral Especialíssima;
  • 3 xícaras (chá) de aveia em flocos;
  • 1 xícara (chá) de açúcar mascavo;
  • 4 colheres de sopa de mel;
  • 01 colher de (sobremesa) de fermento em pó (o de bolo);
  • 3 ovos;
  • 3 colheres (sopa) de manteiga ou óleo de coco;
  • Chocolate 70% – a gosto.

Modo de Preparo:

Em uma tigela coloque todos os ingredientes secos. Derreta a manteiga/ óleo de coco e depois acrescente à massa, juntamente com o mel e os ovos. Misture bem, faça bolinhas ou molde em formato de “cookies” e acomode em uma assadeira untada. Leve ao forno, pré-aquecido a 180º, por em média 20 minutos ou até dourar.

 

Cupcake de banana com aveia

 

 

 

 

Ingredientes:

  • 3 ovos
  • 1 xícara (chá) de banana amassada
  • ½  xícara (chá) de óleo de coco
  • ½ xícara (chá) de açúcar mascavo ou demerara
  • 1 xícara (chá) de aveia
  • 1 xícara (chá) de farinha de trigo integral Especialíssima
  • 1 colher (sopa) bem cheia de fermento em pó
  • Nozes e castanhas picadas (opcional)
  • Canela (opcional)

Modo de Preparo: 

Bata no liquidificador os ovos, depois junte o óleo, banana, aveia, açúcar e bata novamente. Numa vasilha, coloque os demais ingredientes (nozes e castanhas- opcional) e despeje o creme do liquidificador. Misture tudo e leve em forma untada ao forno para assar até dourar.

Edição Digital Grátis!
Assine nossa newsletter
Baixe a edição digital da revista gratuitamente e receba as próximas edições, promoções e conteúdos exclusivos em seu e-mail.
CADASTRAR
Não enviamos spam e você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor deixe seu comentário!
Por favor informe seu nome