Por: Vitória Schwarz

Quando a temperatura começa a cair, a mágica da fome acontece: mito ou verdade?

 

Até parece mito, mas é verdade. Todos os anos, quando a temperatura começa a cair, parece que a fome aumenta. E não é qualquer fome! É aquela de comidas quentinhas, calóricas e que além de sustentar o corpo, têm a missão de confortar a alma.

Há quem diga que esse processo é psicológico, mas talvez não seja bem assim. Dias mais frios, mais curtos e com menos luminosidade tendem a modificar nosso padrão de alimentação e de atividade física. E é verdade: quando esfria, nosso corpo trabalha mais para se aquecer. Então realmente vamos sentir maior necessidade de reposição. A grande armadilha é que nossos genes poupadores de energia despertam, trazendo à tona a memória dos tempos ancestrais, quando era vital poupar energia de forma mais radical.

Era necessário. Já foi. Não é mais.

Mas o fato é que esses genes acordam e querem nos enganar. Nós temos que estar conscientes para podermos enganá-los primeiro. Ou seja, já que a fome vai aumentar, vamos comer! Mas vamos comer as coisas certas.

Isso não quer dizer que você nunca possa se dar ao luxo de comer algo mais calórico, mas exceções devem ser tradadas como exceções. Se você cuidar com foco das refeições do dia a dia, algumas escapadas da dieta não serão problemas tão sérios.

Então vamos lá. O frio lá fora está aumentando e você desanimou só de pensar num prato de salada? Que tal uma lasanha integral? Ela vai te ajudar a aquecer o corpo e trazer aquela dose de fibras que sustenta o organismo.

Essa pode ser uma opção de prato reconfortante para o inverno, elaborado com menos calorias do que a versão original.

Mas nunca, nunca, jamais se esqueça que o exagero sempre faz mal. Isso também se aplica à restrição alimentar. Parar de comer para emagrecer é sempre uma péssima ideia. Porque em algum momento você vai precisar compensar essa falta de nutrientes e as chances são grandes de isso acontecer na quantidade errada e com os alimentos errados.

Vamos a receita!


 

Lasanha de trigo integral 


Para a massa, você vai precisar de:

  • 200g de farinha integral Especialíssima;
  • 50 a 100g de farinha de trigo Especialíssima;
  • 2 ovos;
  • Água;
  • 1 pitadinha de Sal Grosso.

Para o recheio, você vai precisar de:

  • 3 colheres (sopa) de azeite;
  • 1 cebola pequena bem picada;
  • 1 dente de alho bem picado;
  • 1 kg de carne moída de primeira;
  • 200 ml de molho de tomate caseiro;
  • Cheiro verde e manjericão picado (a gosto);
  • Sal e pimenta do reino (a gosto);
  • Presunto fatias finas (opcional);
  • 400g de queijo mussarela ralado na hora (grosso).

 

Preparo da massa:

  • Deixe o sal grosso dissolver em aproximadamente 70 ml de água.
  • Em uma superfície lisa e limpa, coloque a farinha integral.
  • Faça um furinho no meio, acrescente os 2 ovos e vá misturando e acrescentando aos poucos a água com o sal já bem diluído.
  • Misture bem e amasse até dar liga.
  • Amasse e aperte bem a massa para liberar as propriedades nutricionais da farinha até ela soltar da mesa.
  • Vá polvilhando com farinha branca para dar o toque final. A farinha branca ajuda a trabalhar a massa e não deixá-la muito dura.
  • Quando a massa estiver no ponto, corte em 2 pedaços e comece a esticar com rolo ou com o cilindro (o cilindro é melhor, para quem tiver).
  • Pode passar várias vezes, dobrar e esticar novamente até ela ficar bem fina. Repita esse processo umas 4 vezes. Corte em pedaços retangulares (pode observar o tamanho da forma) e reserve.

 

Preparo do recheio:

Em uma panela grande, coloque o óleo e deixe dourar levemente a cebola e o alho. Acrescente e refogue a carne e tempere com o sal e a pimenta. Quando a carne estiver quase no ponto, acrescente o molho de tomate e os temperos verdes. Deixe ferver o molho e desligue.

Montagem:

  • Em uma assadeira de vidro, coloque os itens na seguinte ordem:
  • Antes, forrar a assadeira com uma fina camada de molho, com bastante caldo e menos carne. Daí sim:

1ª: 1 camada das fatias de massa (se sobrepor uma à outra);

2ª : 1 camada de molho com carne, caprichando na carne moída;

3ª: 1 camada de presunto, fatias finas;

4ª: 1 camada de queijo mussarela ralado;

5ª: massa, molho, presunto e queijo… massa, molho, presunto e queijo… até acabar. E a última camada, que fica em cima, tem que ser queijo e pode colocar um fio de azeite de oliva antes de por no forno.

  • Deixe assar uns 40 minutos no forno de 180º a 200º.
  • Depois deixa gratinar na parte mais alta do forno por 5 minutos.
Edição Digital Grátis!
Assine nossa newsletter
Baixe a edição digital da revista gratuitamente e receba as próximas edições, promoções e conteúdos exclusivos em seu e-mail.
CADASTRAR
Não enviamos spam e você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor deixe seu comentário!
Por favor informe seu nome