Nesse ano, as festas típicas precisarão ser modificadas, fazendo uma festança em isolamento

Muitas pessoas ficam esperando o mês de junho para as tão amadas festas juninas, para comer os alimentos típicos. Porém, não é porque esse ano não teremos os tradicionais arraiás que não podemos comemorar a festa de São João. De acordo com a nutricionista Mariane Roseti Macedo (CRN 8-10381), várias receitas típicas podem ser feitas de maneira saborosa e saudável. A dica, portanto, é separar as melhores receitas, as que você mais gosta e colocar a mão na massa.

“Cozinhar também é uma terapia, ainda mais nos tempos em que estamos vivendo, em que muitas pessoas estão sofrendo de ansiedade. Sendo assim, tem coisa melhor do que estar na sua cozinha e fazer um agrado para você mesmo? Ou para as pessoas que você ama? afinal, cozinhar é também uma forma de demonstrar amor”, afirma a nutricionista. 

Sabemos que muitas receitas de festa junina são um pouco mais calóricas do que o desejado. Então, a sugestão de Mariane é reverter isso e comer com tranquilidade, sem perder o sabor característico. “Chamamos isso de troca inteligente, que nada mais é de você trocar um ingrediente não saudável por um mais nutritivo, assim não terá erro. Mas, é necessário lembrar que tudo é questão de equilíbrio. Não existem problemas em comer um prato mais calórico as vezes. O ideal é evitar ingerir com frequência, para não perder tudo o que conquistou e é aí que entram as receitas saudáveis”, ressalta. 

Outro elemento marcante das festas juninas é o quentão, que além de ser delicioso nos aquece no frio. Porém, nem todos podem consumir álcool e uma opção para não ter o teor alcoólico é fazer a receita com suco de uva integral em vez de vinho tinto. “Assim, crianças podem tomar com tranquilidade”, enfatiza Mariane. 

 

Receitinhas saudáveis, sô! 

Paçoquinha

– 1 Xícara de amendoim torrado moído e sem pele;

– 2 Colheres de sopa de pasta de amendoim integral;

– 1 pitada de sal;

– 1 Colher de sopa de açúcar mascavo (opcional);

– Misture bem os ingredientes, molde com a mão, apertando bem para ficar no formato desejado. Sirva!

 

Bolo de fubá integral

– 1 Xícara de farinha de trigo integral;

– 1 Colher de sopa de fermento em pó;

– 1 Xícara 1 de leite;

– 2 Xícaras de fubá;

– 1/2 Xícara de açúcar mascavo;

– 2 Ovos;

– 1/2 xícara de óleo de coco (ou outro óleo);

– Bata todos os ingredientes no liquidificador, menos o fermento, deixando o mesmo por último. Coloque em uma forma untada e asse em forno médio por 40 minutos. Você pode adicionar coco ralado sem açúcar para ficar ainda mais gostoso.

 

Doce de abóbora sem açúcar

– 50 Gramas de abóbora seca ou japonesa ralada; 

– 100 ml de suco natural de maçã;

– 1 pitada de canela em pó;

– Em uma panela coloque a abóbora e cozinhe junto com o suco de maçã e canela até amolecer. Espere esfriar e sirva.

 

Quentão sem Álcool

– 500 ml de suco de uva integral; 

– 500 ml de água; 

– 30 Gramas de gengibre ralado; 

– 3 Gramas de canela em rama; 

– 3 cravos; 

– 100 Gramas de adoçante ou açúcar mascavo; 

– Leve ao fogo o gengibre, cravo, canela e adoçante. Mexa sem parar, acrescente o suco e a água e deixe ferver por alguns minutos. Sirva quente.

Edição Digital Grátis!
Assine nossa newsletter
Baixe a edição digital da revista gratuitamente e receba as próximas edições, promoções e conteúdos exclusivos em seu e-mail.
CADASTRAR
Não enviamos spam e você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor deixe seu comentário!
Por favor informe seu nome