Confira como incrementar em sua dieta alimentos que beneficiam o funcionamento cardíaco

 

Existem alguns alimentos bons para o coração, que podem atuar de forma direta na prevenção de doenças cardíacas ou minimizar problemas cardiovasculares somados ao consumo de alguns medicamentos. Se na sua família existe um histórico de doenças relacionadas ao coração, é preciso tomar ainda mais cuidado com a alimentação e a prática de exercícios.

É muito importante a ingestão de alimentos que beneficiem o bom funcionamento desse órgão. Como prova disso, a inadequação alimentar é a principal causa de mortalidade cardiovascular. O baixo consumo de ácidos graxos poli-insaturados (alimentos ricos em ômega 3 e 6) e de monoinsaturados em substituição à gordura trans ou saturada (ruim) aumentam o risco de infarto do miocárdio. Deve ser incentivado o consumo dos alimentos ricos em ômega 3, pois tem atividade cardioprotetora. Exemplos de alimentos que possuem essa propriedade:

  • Peixes;
  • Oleaginosas;
  • Arroz selvagem;
  • Óleo de canola;
  • Linhaça;
  • Sementes de chia;
  • Camarão;
  • Couve.

Segundo a médica cardiologista Rosane Cury Décio, um grande vilão para a nossa saúde é o sal. O excesso dele e do sódio pode acarretar diversos problemas à saúde do nosso corpo. “Podemos citar, por exemplo, a hipertensão arterial, que é a principal responsável por Acidente Vascular Cerebral (AVC) e infarto. Isso ocorre por favorecer a retenção de líquido e consequentemente o aumento da pressão sanguínea. Seu abuso também pode levar ao ganho de peso, edema (“inchaço”) e comprometimento da função renal”, explica.

Além dos alimentos com ômega 3 (soja, canola e oleaginosas, fitosteróis e fibras solúveis como o psyllium), outros alimentos podem beneficiar ainda mais o funcionamento cardíaco, como por exemplo, o abacate. A fruta tem como uma de suas funções reduzir o nível de colesterol ruim e aumentar o nível do bom. O chocolate amargo também contribui para quem sofre de problemas cardíacos, pois reduz a pressão arterial.

Outras complicações também colaboram para que ocorram irregularidades no funcionamento do coração, como a dislipidemia, obesidade, alcoolismo, tabagismo, diabetes mellitus e hipertensão arterial sistêmica. Por isso, fique atento se tiver alguma dessas doenças.

Edição Digital Grátis!
Assine nossa newsletter
Baixe a edição digital da revista gratuitamente e receba as próximas edições, promoções e conteúdos exclusivos em seu e-mail.
CADASTRAR
Não enviamos spam e você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor deixe seu comentário!
Por favor informe seu nome